GIRO POLÍTICO

“Tenho dois patrimônios: a minha família e o meu nome”

Publicado por Leandro Silva em 23/05/2017 às 16h11

“Tenho dois patrimônios: a minha família e o meu nome”. Diz Governador Paulo Câmara 

O governador Paulo Câmara reagiu hoje com indignação às insinuações feitas, em delação premiada, pelo executivo da empresa JBS Ricardo Saud.

“Quero dizer que estou indignado, mas não vou baixar a cabeça. Eu tenho o compromisso de trabalhar por Pernambuco e vou continuar trabalhando. Sou servidor público. Vivo do meu salário e só tenho dois patrimônios: a minha família e meu nome. E ninguém vai manchá-los”, declarou Paulo Câmara, durante cerimônia no Palácio do Campo das Princesas.

“Quero também aproveitar essa oportunidade de estarmos aqui hoje, numa plateia tão qualificada, com tanta gente, tantos amigos e amigas que estou vendo aqui para, também, dar uma explicação. Na verdade, dar uma satisfação. Dizer o que é preciso ser dito a cada pernambucana e a cada pernambucano diante dos fatos que a gente tem ouvido falar desde a última sexta-feira. A minha campanha eleitoral de 2014 não recebeu recursos da empresa JBS. Quero dizer isso porque nem minha campanha, nem o PSB estadual recebeu nenhum centavo desta empresa. As doações que a JBS fez foram ao PSB nacional, que registrou. Está tudo registrado nas doações do PSB nacional”, discursou Paulo. E acrescentou: “Essa própria pessoa que está fazendo a delação foi muito textual ao dizer que a doação ao PSB nacional ocorreu sem nenhuma contrapartida e sem nenhum benefício”.


O governador Paulo Câmara lembrou que na Petição 7.003 do Ministério Público Federal, assinada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que trata da delação premiada da JBS,  não há menção ao nome dele, nem do prefeito Geraldo Julio e nem do ex-governador Eduardo Campos. A petição foi acolhida pelo relator do processo no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Edson Fachin.

 

<< DA REDAÇÃO DO BLOG CAMOCIM NEWS >>

Categoria: GIRO POLÍTICO
Compartilhar

VEREADOR EXPÕE CONTRACHEQUE EM REDE SOCIAL

Publicado por Leandro Silva em 23/05/2017 às 03h32

VEREADOR DE BEZERROS EXPÕE CONTRACHEQUE EM REDE SOCIAL

Pela primeira vez na história política de Bezerros, um parlamentar expôs o seu contracheque.

O vereador Gabeira (PP) fez a publicação em sua rede social do seu contracheque. A atitude do parlamentar expõe o valor que cada vereador recebe no legislativo municipal, que chega a um valor bruto de oito mil reais. Com descontos com o INSS mais Imposto de Renda o salário líquido fica em R$ 6.385 (Seis mil trezentos e oitenta e cinco reais).

“O vereador Gabeira depois de fazer projeto de resolução que institui a transparência no poder legislativo coloca seu contracheque a disposição das redes sociais, afastando de vez os comentários de que vereador recebia 12,000,00 ( doze mil reais por mês) onde de fato o salário é esse que está na foto, dessa forma torna público o seu subsídio”. (Da Rede social do vereador Gabeira)

 

 

 

<< DA REDAÇÃO DO BLOG CAMOCIM NEWS >>

com informações do Bezerros Hoje

 

Categoria: GIRO POLÍTICO
Compartilhar

Janot recorre ao plenário do STF e pede prisão de Aécio Neves

Publicado por Leandro Silva em 23/05/2017 às 00h02

Janot recorre ao plenário do STF e pede prisão de Aécio Neves e Rocha Loures

Procurador-geral da República recorreu da decisão do ministro Edson Fachin, que negou a prisão dos parlamentares, que foram afastados; recurso deverá ser analisado pelo plenário do STF.

Procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu novamente nesta segunda-feira (22) ao Supremo Tribunal Federal (STF) a prisão do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) e do deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR).

A PGR recorreu da decisão do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato, que negou na semana passada, em decisão monocrática, a prisão preventiva (antes da condenação) dos parlamentares.

Com o recurso, o pedido deverá agora ser analisado pelo plenário do STF, formado pelos 11 ministros da Corte.

O advogado José Luis Oliveira Lima, que faz a defesa de Rodrigo Rocha Loures, afirmou que não há qualquer motivo para a prisão do deputado afastado e disse que aguarda o plenário do Supremo mantenha a decisão que negou o pedido de prisão feito por Janot. "O deputado, no momento oportuno, irá prestar todos os esclarecimentos devidos", disse.

O advogado Alberto Toron, que faz a defesa de Aécio Neves, informou que aguarda ser intimado sobre o pedido da PGR "para apresentar suas contrarrazões, oportunidade em que demonstrará a impropriedade" do pedido. Tambem afirmou que ingressará no STF com um pedido para revogar o afastamento do senador do mandato "por falta de base legal e constitucional".

O órgão entende que Aécio e Loures foram pegos em “flagrante por crime inafiançável” na tentativa de obstruir as investigações da Operação Lava Jato, com base nas gravações realizadas pelos donos da JBS, entregues na delação premiada da empresa.

Ao analisar o pedido, Fachin considerou que não havia necessidade da prisão preventiva e que o afastamento do exercício das funções parlamentares já era medida suficiente para evitar eventuais prejuízos à investigação.

Janot, no entanto, argumentou que as gravações e interceptações telefônicas demonstrariam que Aécio e Loures “vem adotando, constante e reiteradamente, estratégias de obstrução de investigações da Operação Lava Jato”.

O procurador-geral acrescentou que só não pediu a prisão de ambos antes, quando recebiam dinheiro da JBS, para poderem coletar mais provas. Janot também mencionou “uso espúrio doo poder político” e “encontros indevidos em lugares inadequados” para justificar o pedido de prisão.

 

_______________________CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE _____________________

"No tocante às situações expostas neste recurso, a solução não há de ser diversa: a excepcionalidade dos fatos impõe medidas também excepcionais”, diz Janot.

O julgamento em plenário ainda não tem data para ocorrer. Caberá agora ao ministro Edson Fachin pedir a presidente do STF, Cármen Lúcia, para marcar uma data de julgamento. Antes, poderá ouvir as defesas de Aécio e Rocha Loures.

 

<< DA REDAÇÃO DO BLOG CAMOCIM NEWS >>

com informações do G1, Brasília

Categoria: GIRO POLÍTICO
Compartilhar

GOVERNO DE CAMOCIM DE SÃO FÉLIX, IMPLANTA PORTAL DO SERVIDOR

Publicado por Leandro Silva em 16/05/2017 às 17h01

GOVERNO MUNICIPAL DE CAMOCIM DE SÃO FÉLIX, IMPLANTA O PORTAL DO SERVIDOR

Para proporcionar comodidade aos servidores públicos municipais, o Governo Municipal de Camocim de São Félix acaba de implantar o Portal do Servidor. Nele o funcionário tem acesso ao seu contracheque, de qualquer computador ou smartphones.

ATENÇÃO Servidor. É mais uma novidade! , Acompanhe no vídeo e em caso de dúvidas, siga as orientações descritas abaixo:

INSTRUÇÕES BÁSICAS:

Acesse o Portal Municipal em: www.camocimdesaofelix.pe.gov.br .
*Em seguida, procure pelo botão, na lateral do Site, PORTAL DO SERVIDOR - DA ADMINISTRAÇÃO OU SAÚDE – a depender de onde o servidor esteja lotado.

*Na próxima tela, clique em “NOVO USUÁRIO”. Avançará para o próximo passo.

*Será solicitado um preenchimento com os dados funcionais e pessoais: MATRÍCULA, PIS, CPF, DATA DE NASCIMENTO.

*No campo LOGIN, insira o NOME e SOBRENOME tudo junto e MINÚSCULO.

*No campo SENHA, digite a combinação desejada de no mínimo oito dígitos.

PRONTO! Você estará cadastrado e acessará o contracheque online.

Esse cadastro é necessário APENAS uma vez. Nos demais acesso, o servidor entrará digitando apenas o LOGIN e SENHA criados.

Mais informações ou problemas com acesso, procure o Departamento de Recursos Humanos.

 

<< DA REDAÇÃO DO BLOG CAMOCIM NEWS >>

<< com informações do facebook da Prefeitura de Camocim de São Félix >>

Categoria: GIRO POLÍTICO
Compartilhar

GESTÃO E QUALIDADE NA SAÚDE PÚBLICA É TEMA DE REUNIÃO

Publicado por Leandro Silva em 09/05/2017 às 10h26

GESTÃO E QUALIDADE NA SAÚDE PÚBLICA É TEMA DE REUNIÃO ENTRE SERVIDORES E PREFEITO EM CAMOCIM DE SÃO FÉLIX-PE

A oferta de um atendimento de excelência na Saúde Pública Municipal tem sido alvo de constantes capacitações, encontro e reuniões.

Na manhã desta segunda-feira (08) foi realizada uma  reunião com servidores da Saúde contando com  a presença do Gestor Municipal, Giorge Bezerra; Secretária Municipal de Saúde, Giancarla Rangel, diretoria da Unidade Mista Nossa Senhora do Bom Parto, coordenadores, agentes de saúde e endemias, profissionais do SAMU e demais funcionários.

Em debate, os serviços prestados à população, dificuldades e caminhos para melhorias levando em consideração as necessidades da comunidade. Giorge reforçou a necessidade de sempre e de todas as maneiras oferecer o melhor para quem necessite da Saúde Pública, mesmo com as dificuldades que surgem. Lembrou que é sempre importante a união da equipe para que os resultados sejam positivos e o cidadão possa ser atendido efetivamente. A secretária Giancarla aproveitou o momento e fez um balanço da atuação da equipe, pontuando os esforços de cada servidor em sua área específica. Foram tratados outros assuntos relacionados às dificuldades encontradas e a busca das necessárias providências. O prefeito apresentou aos servidores a perspectiva digital da Unidade Mista após a reforma que será iniciada em breve.

A secretária de Saúde lembrou que estão sendo feitas avaliações dos atendimentos, com a participação da população e reforçou que essas ações serão intensificadas, com o objetivo de avaliar e aperfeiçoar o sistema público de saúde local.

 

<< DA REDAÇÃO DO BLOG CAMOCIM NEWS >>

<< com informações da Assessoria de Comunicação e Imprensa / Assecom >>corpo D21


Categoria: GIRO POLÍTICO
Compartilhar

JÚNIOR DO GADO SOLICITA MELHORIAS NO CAMPO DE ALTO BONITO-PE

Publicado por Leandro Silva em 08/05/2017 às 16h15

SOLICITAÇÃO DE MELHORIAS NO CAMPO MANGUEIRÃO NO DISTRITO DE ALTO BONITO É FEITA PELO VEREADOR JÚNIOR DO GADO EM BONITO-PE

O campo é um dos principais pontos de lazer do Distrito.

O requerimento de número 100 dessa Legislatura foi do jovem vereador Júnior do Gado (PRTB). júnior fez um apelo ao Prefeito do bonito, Sr. Gustavo Adolfo e ao Secretário de Obras do município, Sr. Edson Monteiro, para que seja feita uma revitalização no campo de futebol conhecido por "Mangueirão", no distrito de Alto Bonito.

Segundo o solicitante, o campo é um dos principais pontos de lazer dos jovens do Distrito e precisaria da referida revitalização, principalmente na questão do gramado e na construção de pequenas arquibancadas, além de barras de proteção para que as bolas não vá em direção as casas que ficam no entorno do campo. O requerimento do vereador foi aprovado por unanimidade.

 

<< DA REDAÇÃO DO BLOG CAMOCIM NEWS >>

<< com informações do Bonito Vip News >>

Categoria: GIRO POLÍTICO
Compartilhar

SEGUNDA TURMA DO STF LIBERA BUMLAI DE PRISÃO DOMICILIAR

Publicado por Leandro Silva em 25/04/2017 às 16h50

SEGUNDA TURMA DO STF LIBERA BUMLAI DE PRISÃO DOMICILIAR

Placar foi 3 votos a 2. Ministros levaram em conta o estado de saúde do pecuarista preso na Lava Jato, que sofre de cardiopatia e câncer de bexiga.

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira (25) revogar a prisão domiciliar do pecuarista José Carlos Bumlai. Por 3 votos a 2, a Segunda Turma da Corte levou em conta o estado de saúde de Bumlai, que sofre de cardiopatia e câncer de bexiga.

Em novembro, o antigo relator da Operação Lava Jato, ministro Teori Zavascki, havia convertido a prisão preventiva de Bumlai em domiciliar.

Na sessão desta terça, o novo relator do caso, Edson Fachin, votou pela manutenção dessa decisão, sendo acompanhado pelo ministro Ricardo Lewandowski.

Outros três ministros da turma, porém, votaram pela revogação da domiciliar: Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Celso de Mello.

No habeas corpus, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, defendeu a manutenção da prisão, alegando "gravidade concreta" de cometimento de crimes. No julgamento desta terça, o advogado de Bumlai, Nabor Bulhões, disse que o pecuarista é acusado na condição de “partícipe” em corrupção e gestão fraudulenta, não sendo protagonista nos fatos.

Acusado na Operação Lava Jato de ter atuado em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em irregularidades, Bumlai foi preso em novembro de 2015.

Condenação

Em setembro de 2016, o juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, condenou o pecuarista a 9 anos e 10 meses de prisão em um processo da 21ª fase por crimes como gestão fraudulenta e corrupção passiva.

Bumlai foi condenado pela participação, obtenção e quitação fraudulenta do empréstimo no Banco Schahin de R$ 12 milhões, em 2004, e pela participação, solicitação e obtenção de vantagem indevida no contrato entre a Petrobras e o Grupo Schahin para a operação do Navio-Sonda Vitória 10.000.

Na sentença, Moro destacou que o empréstimo de R$ 12 milhões foi fraudulento e que o real beneficiário dos valores foi o Partido dos Trabalhadores (PT).

 

<< DA REDAÇÃO DO BLOG CAMOCIM NEWS >>

<< com informações do G1 >>

 
 
Categoria: GIRO POLÍTICO
Compartilhar

ODEBRECHT ENVIOU 'MENSAGEM' A DILMA SOBRE DOAÇÕES IRREGULARES

Publicado por Leandro Silva em 17/04/2017 às 15h11

ODEBRECHT ENVIOU 'MENSAGEM' A DILMA SOBRE DOAÇÕES IRREGULARES, DIZ DELATOR  

Segundo o ex-executivo João Nogueira, o herdeiro da empreiteira queria que a ex-presidente soubesse que ele tinha documentos sobre doações de recursos não contabilizados para a campanha.

O ex-executivo da Odebrecht João Nogueira disse, no depoimento da delação premiada, que Marcelo Odebrecht, herdeiro da construtora, pediu a ele para fazer chegar uma mensagem à então presidente Dilma Rousseff. De acordo com o delator, Odebrecht estava preocupado com os negócios da empresa, em risco por causa da Operação Lava Jato, e queria que a presidente soubesse que ele tinha informações sobre doações de dinheiro não contabilizado feitas para a campanha de Dilma em 2014.

Ainda segundo o delator, em dezembro daquele ano, dois meses após a reeleição de Dilma, Marcelo Odebrecht procurou Nogueira e pediu a ele que marcasse uma reunião com o então governador eleito de Minas Gerais, Fernando Pimentel, ex-ministro da gestão Dilma e uma das pessoas mais próximas da ex-presidente na política.

"A intenção dele, ao encontrar o Pimentel, era passar uma mensagem para a presidente Dilma, até porque o Pimentel era muito próximo dela. Essa mensagem, eu entendi, era a comprovação, por meio de documentos, de que contribuições com recursos não contabilizados tinham sido de fato realizados na campanha dela, Eu já entendi do que se tratava. O Marcelo foi lá para provar", afirmou Nogueira na delação.

Para o delator, a mensagem significava que Marcelo Odebrecht queria "implicar" o governo federal na crise como modo de "centralizar uma atitude" por parte da gestão Dilma.

"Como nada tinha sido feito até então, e o cenário de crise era dramático, entendi que o Marcelo foi lá demonstrar ao Pimentel que tinha havido de fato contribuições com recursos não contabilizados da campanha dela, a presidente. Para que ele, ministro, pudesse conversar com ela. Mostrar documentos que, de alguma forma, implicava governo federal para centralizar uma atitude do governo", completou Nogueira.

Ele disse ainda que, depois, Marcelo Odebrecht quis saber se o recado tinha chegado à presidente. Nogueira disse que falou com Pimentel e que perguntou ao governador como Dilma havia reagido.

"Ele [Pimentel] me disse que mostrou as mensagens e os documentos [à presidente]. Perguntei a ele como ela reagiiu. Ele disse que ela não estava blindada, ficou preocupada. Ficou preocupada porque teria percebido que não estava blindada e teria pedido ao Giles Azavedo, assessor próximo, se inteirar do tema, de como essas contribuições foram feitas", afirmou o delator.

Entre os documentos entregues por João Nogueira no acordo da delação, está uma anotação do celular de Marcelo Odebrecht, onde Marcelo escreveu : "ela cai, eu caio".

 

"Marcelo estava sendo muito motivado pela sobrevivência, né, pelo instinto de autopreservação e pela sobrevivência que não era só dele, era do governo também. então, existia um interesse mútuo ali, existia uma emergência mútua", contou Nogueira.

Também em depoimento na delação, Marcelo odebrecht disse que se encontrou com a presidente Dilma nessa mesma época. Segundo ele, a conversa foi sobre a crise que a empresa enfrentava por causa da operação Lava Jato. Alguns contratos estavam sendo bloqueados e Marcelo Odebrecht pediu ajuda, queria algúem do governo que pudesse atuar a favor da empresa.

"Numa reunião que eu tive que a presidente, eu falei esse assunto lava jato tá criando várias dificuldades, inclusive quem pode ser nosso interlocutor no governo pra todo esse tema, os empréstimos travados, petrobras com varios problemas, e ela disse, fale com o Mercadante [então ministro da Casa Civil]", afirmou o herdeiro da construtora.

"Eu até enviei uma nota pro mercadante sobre os temas que estavam gerando a confusão na Lava Jato, e eu mandei para o Mercadante, falei com o Mercadante", afirmou Odebrecht.

 

<< DA REDAÇÃO DO BLOG CAMOCIM NEWS >>

<< com informações do G1 Brasília >>

 
Categoria: GIRO POLÍTICO
Compartilhar

'NÃO VOU RIR, NEM VOU CHORAR', DIZ LULA SOBRE ACUSAÇÕES

Publicado por Leandro Silva em 14/04/2017 às 00h00

'NÃO VOU RIR, NEM VOU CHORAR', DIZ LULA SOBRE ACUSAÇÕES DE MARCELO ODEBRECHT

Empresário disse ao juiz Sergio Moro que destinou milhões para o 'amigo', codinome usado para se referir ao ex-presidente petista. Lula diz que acusação é 'inverossímil' e 'irreal', e que exigirá provas.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quinta-feira (13) durante entrevista à rádio Metrópole, da Bahia, que é “inverossímil” e “irreal” a acusação feita contra ele pelo empresário Marcelo Odebrecht.

A entrevista foi dada ao programa de Mário Kertesz, que foi candidato do PMDB à prefeitura de Salvador em 2012. Ele também é citado nas delações da Odebrecht e a ele é atribuído o codinome Roberval Feio.

À rádio, Lula disse que não vai “rir, nem chorar” diante das denúncias, mas que vai ler cada peça do processo junto com seus advogados e exigir provas.

Marcelo Odebrecht disse em depoimento ao juiz Sérgio Moro, divulgado nesta quarta-feira (12), que destinou milhões para o "amigo", codinome referente ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Primeiro, ele cita o depósito de R$ 35 milhões e depois fala em R$ 40 milhões. A conta, diz Odebrecht, era gerida pelo ex-ministro petista Antonio Palocci.

"É tão inverossímil as acusações, é tão irreal as acusações, que eu não vou rir, nem vou chorar. Eu vou analisar corretamente, vou conversar com os advogados, pegar o processo, ler cada peça do processo para que a gente possa chegar no dia certo e dizer claramente o seguinte: a delação tem que ser provada”, disse Lula.

Suspeitas sobre irmão e filho

O ex-presidente também comentou a declaração dos delatores Hilberto Silva Filho e Alexandrino de Salles Ramos Alencar sobre mesada de até R$ 5 mil da empresa a um de seus irmãos, o Frei Chico.

"Eu nunca de 1 real pro meu irmão Frei Chico porque ele nunca precisou, nunca pediu pra mim. Olha, se a Odebrecht resolveu dar R$ 5 mil pro meu irmão, é problema da Odebrecht", disse. "Por que é que tem que colocar o meu nome nisso?"

Lula falou ainda sobre o filho Luís Claudio da Silva que, segundo os delatores, se reuniu com representantes da Odebrecht na ocasião em que foi apresentado ao grupo o projeto “Touchdown”, associado à criação de liga de futebol americano no Brasil, também sob prévia apuração da Justiça Federal do Paraná. "Meu filho estava metido com futebol americano e tinha patrocínio: olha, qual é o crime?", questionou.

Candidatura vista como alvo

Para Lula, o objetivo das suspeitas levantadas é evitar que ele seja candidato à Presidência novamente. "O que está por detrás disso tudo, na verdade, é o seguinte: nós precisamos encontrar uma pulga para evitar que o Lula se meta a ser candidato em 2018", afirmou.

O petista também fez considerações sobre a situação do ex-presidente da Odebrecht. "Ontem, houve mais um absurdo: a delação do Marcelo Odebrecht. Eu até compreendo que o Marcelo está preso há dois anos, até compreendo que ele tem família fora, que ele deve estar comendo o pão que o diabo amassou, que talvez ele esteja tentando criar condições para sair da cadeia", declarou em outro trecho da entrevista.

O depoimento de foi prestado na segunda-feira (10), em ação penal da Lava Jato que envolve Antonio Palocci, Odebrecht e outros 13 réus. Nesta quarta (12), o juiz Sérgio Moro retirou o sigilo dos interrogatórios dessa ação.

Preparação para depoimento

Ainda na entrevista nesta quinta, Lula disse estar “muito tranquilo”. “Eu continuo desafiando qualquer empresário brasileiro, qualquer empresário, a dizer que um dia o Lula pediu R$ 10 pra ele ou alguém. Se alguém pediu em meu nome, a pessoa que pediu tem que ser presa, porque eu nunca autorizei ninguém a pedir dinheiro em meu nome”, afirmou.

“Eu não posso ficar nervoso, eu não posso perder a cabeça com cada coisa dessa”, disse. “Hoje eu vou conversar com os advogados, vou começar a ler a peça e vou me preparar para o meu depoimento. E a vida continua, vou continuar fazendo política. O dia que alguém provar um erro meu, ou R$ 10 ilícitos na minha vida, eu paro com a política", completou.

 

<< DA REDAÇÃO DO BLOG CAMOCIM NEWS >>

<< com informações do G1 São Paulo >>

Categoria: GIRO POLÍTICO
Compartilhar

JOSÉ ERALDO SEGUE NO COMANDO DA CÂMARA DE TAQUARITINGA DO NORTE

Publicado por Leandro Silva em 09/04/2017 às 12h46

JOSÉ ERALDO SEGUE NO COMANDO DA CÂMARA DE TAQUARITINGA DO NORTE NO AGRESTE DE PERNAMBUCO

Pleito aconteceu por uma determinação do juiz eleitoral da cidade, Solón Otávio de França. Ele acatou um mandado de segurança e determinou uma nova eleição.

Foi realizada na noite do domingo (9) a nova eleição para Mesa Diretora na Câmara Municipal de Taquaritinga do Norte, no Agreste de Pernambuco. O pleito aconteceu por uma determinação do juiz eleitoral da cidade, Solón Otávio de França. Ele acatou um mandado de segurança e determinou uma nova eleição.

Por maioria de votos, José Eraldo foi reconduzido à presidência da Casa Miguel Lucas de Araújo. Os demais membros da Comissão Executiva são: Professor Jurandir (vice); Dé Cumaru (1º secretário); e Hélio de Novo (2º secretário).

“Fazemos um trabalho sério e imparcial, por isso temos credibilidade e vencemos mais uma vez. Agradecemos a todos o apoio e vamos continuar o trabalho honesto e que traz melhorias para o nosso povo”, disse José Eraldo. Após o resultado os vereadores fizeram uso da palavra e a sessão extraordinária foi encerrada, A nova Mesa responderá pela Casa Legislativa durante o biênio 2017/2018.

 

<< DA REDAÇÃO DO BLOG CAMOCIM NEWS >>

<< com informações do G1 Caruaru e Região >>

Categoria: GIRO POLÍTICO
Compartilhar

JOSINALDO BARBOSA VENCE ELEIÇÃO DA UVP EM BONITO-PE

Publicado por Leandro Silva em 25/03/2017 às 21h15

JOSINALDO BARBOSA VENCE ELEIÇÃO DA UVP EM BONITO NO AGRESTE DE PERNAMBUCO

A vitória de Josinaldo Barbosa é um reconhecimento à sua liderança, que se consolidou ao longo de seu mandato na presidência da UVP.

 
Na tarde deste sábado (25) o vereador e atual presidente da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP) Josinaldo Barbosa, foi reeleito para o cargo com uma frente de 310 votos para o seu opositor, André Valença. O cargo de presidente tem duração de 2 anos. Josinaldo Barbosa obteve 601 votos, já André Valença (PSB), vereador de São Bento do Una, obteve 291 votos. A eleição aconteceu na cidade de Bonito, Agreste Setentrional do Estado.

O senador Armando Monteiro (PTB) comemorou a expressiva vitória conquistada pelo vereador e presidente da Câmara de Timbaúba, Josinaldo Barbosa (PTB) na eleição da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP). 
 
"A vitória de Josinaldo Barbosa é um reconhecimento à sua liderança, que se consolidou ao longo de seu mandato na presidência da UVP. Essa larga conquista, que reuniu toda a base da representação municipal, dá mostras da capacidade de Josinaldo de articulação", destacou Armando Monteiro.
 
O líder petebista afirmou ainda que o feito conquistado por Josinaldo representa uma vitória do vereador, da UVP e do PTB. "Essa é uma vitória expressiva para Josinaldo, para a UVP e para o PTB. Josinaldo é uma liderança valorosa e o PTB se honra em tê-lo em nossos quadros", completou o senador.
 
 

<< DA REDAÇÃO DO BLOG BONITO VIP NEWS >>

<< com informações do Blog Bonito Vip News >>

 

Categoria: GIRO POLÍTICO
Compartilhar

STF REJEITA PEDIDO DE LULA PARA QUE MORO REMETESSE INVESTIGAÇÕE

Publicado por Leandro Silva em 23/03/2017 às 18h49

STF REJEITA PEDIDO DE LULA PARA QUE MORO REMETESSE INVESTIGAÇÕES À CORTE

Ex-presidente argumentava que Sérgio Moro usurpou a competência do Supremo e investigou autoridades com foro privilegiado sem autorização.

O Plenário do Supremo Tribunal Federal rejeitou nesta quinta-feira (23), por unanimidade, recurso movido pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no qual os advogados pediam que fossem remetidas à Suprema Corte as investigações contra ele que correm na Justiça Federal do Paraná.

O argumento da defesa de Lula foi que o juiz federal Sérgio Moro usurpou a competência do Supremo, ou seja, investigou autoridades com foro privilegiado sem autorização do STF.

No ano passado, o ministro Teori Zavascki anulou um áudio de conversa entre Lula e a ex-presidente Dilma Rousseff, no qual era tratado o envio de termo de posse dele como ministro da Casa Civil.

À época, Teori também devolveu o processo para Sérgio Moro para prosseguimento de investigações sobre outros áudios, envolvendo políticos.

A defesa de Lula, então recorreu, e o caso foi levado ao plenário pelo novo relator da Lava Jato, ministro Luiz Edson Fachin, que rejeitou o recurso por entender que as interceptações estavam dentro da lei porque eram referentes a Lula e não a outros políticos com foro. Todos os ministros do STF acompanharam a decisão de Fachin.

 

*Da Redação do BLOG CAMOCIM NEWS

*com informações do G1, Brasília

 

Categoria: GIRO POLÍTICO
Compartilhar

TEMER E TRUMP CONVERSARÃO POR TELEFONE NESTE SÁBADO

Publicado por Leandro Silva em 18/03/2017 às 05h24

TEMER E TRUMP CONVERSARÃO POR TELEFONE NESTE SÁBADO

O presidente Michel Temer conversará na tarde deste sábado (18), por telefone, com o presidente dos EUA, Donald Trump. Será o primeiro contato entre os dois desde que o americano assumiu o poder, em janeiro.

Os dois tinham se falado logo após a eleição de Trump, em novembro, quando acertaram que as equipes econômicas se reuniriam após a posse para elaborar iniciativas conjuntas. Naquele telefonema, Temer também disse que o Brasil tem interesse em receber mais investimentos americanos.

Desde que chegou à Casa Branca, Trump já havia falado com os presidentes Mauricio Macri, da Argentina, e Juan Manuel Santos, da Colômbia. Em fevereiro, ele recebeu o peruano Pedro Pablo Kuczynski em Washington.

O governo americano havia afirmado que Trump só não havia conversado com Temer por questão de "agenda". O interlocutor do peemedebista em fevereiro foi o vice-presidente, Mike Pence.

O governo brasileiro rechaçou a ideia de que Temer tenha sido preterido entre os líderes da região. Para Brasília, o fato de o país não estar no radar de Trump num primeiro momento é positivo, já que a maioria dos que estiveram foi por problemas na relação.

 

*Da Redação do BLOG CAMOCIM NEWS

*com informações da Folha de S.Paulo

 

Categoria: GIRO POLÍTICO
Compartilhar

PROCURADORIA ELEITORAL PROPÕE MULTA A LULA E A BOLSONARO

Publicado por Leandro Silva em 17/03/2017 às 21h16

PROCURADORIA ELEITORAL PROPÕE MULTA A LULA E A BOLSONARO POR PROPAGANDA ANTECIPADA

Pedido foi enviado ao TSE nesta sexta e menciona vídeos publicados no YouTube. Procurada, assessoria de Lula disse que gravação não é oficial; Bolsonaro não quis se pronunciar.

O vice-procurador-geral Eleitoral, Nicolao Dino, pediu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta sexta-feira (17) a aplicação de multa ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) por propaganda eleitoral antecipada.

No pedido, o vice-procurador não especifica o valor da multa, mas a Lei 9.504/97 estabelece que esse valor pode variar de R$ 5 mil a R$ 25 mil ou ser "equivalente ao custo da propaganda, se este for maior".

Na ação, Dino menciona vídeos publicados no YouTube que fazem referência à eleição presidencial de 2018 e defendem as candidaturas de Lula e de Bolsonaro.

Em razão desses vídeos, o vice-procurador também pediu ao TSE que as gravações sejam retirados do ar, sob pena de multa diária de R$ 10 mil.

Lula

No caso do ex-presidente, foi publicado no YouTube um vídeo no qual Lula aparece praticando exercícios físicos. Na imagem, então, aparecem as mensagens "Eu tô voltando" e "Lula 2018".

Para o vice-procurador eleitoral, a gravação revela "a pretensão do ex-presidente em anunciar a sua futura candidatura".

Procurada pelo Camocim News, a assessoria de Lula informou: "O vídeo não é de autoria da equipe do ex-presidente e não está postado em nenhuma rede social oficial do ex-presidente. É um vídeo que surgiu na internet, como tantos outros, e isso será esclarecido ao Ministério Público."

Bolsonaro

No caso de Jair Bolsonaro, a representação da Procuradoria Geral Eleitoral menciona três vídeos, também veiculados no Youtube.

Em uma dessas gravações, segundo a PGE, o deputado aparece sendo recepcionado por pessoas em um aeroporto. Em seguida, é veiculada a mensagem "Bolsonaro 2018".

Ao Camocim News, a assessoria de Bolsonaro informou que o deputado não se pronunciará sobre o assunto.

 

O que diz a procuradoria

Para Nicolao Dino, os vídeos demonstram que Bolsonaro e Lula tinham conhecimento prévio das gravações.

Ao TSE, o vice-procurador argumenta, então, que a veiculação das gravações pode causar desequilíbrio à campanha eleitoral de 2018.

A prática de campanha antecipada é proibida pela lei que regulamenta as propagandas eleitorais.

 

*Da Redação do BLOG CAMOCIM NEWS

*com informações cedidas do G1, Brasília 

(Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula e Marcelo Camargo/Agência Brasil)

 

Categoria: GIRO POLÍTICO
Compartilhar

DELATOR DIZ, ODEBRECHT DEFINIU R$ 200 MI PARA CAMPANHAS EM 2014

Publicado por Leandro Silva em 03/03/2017 às 02h24

DELATOR DIZ QUE ODEBRECHT DEFINIU R$ 200 MI PARA CAMPANHAS POLÍTICAS EM 2014 

Segundo Benedito, o valor era o limite que a Odebrecht tinha para contribuir com todas as campanhas.

O ex-executivo da Odebrecht Benedito Junior disse ao TSE esta quinta-feira que foi definido em uma reunião com Marcelo Odebrecht e outros executivos que a Odebrecht ia contribuir com R$ 200 milhões para todas as campanhas em 2014 –inclusive a presidencial.  

Ele explicou que, dos R$ 200 milhões, cerca de R$ 120 milhões foram pagos por dentro – o caixa um. 

Outros R$ 40 milhões foram via cervejaria Itaipava, o que eles chamam de doação por terceiros. 

E o restante, R$ 40 milhões, foi pago por fora – o caixa dois. 

Benedito não soube informar quanto e para quem foram os valores. 

Mas que os R$ 200 milhões foram pagos, efetivamente destinados a campanhas.

 

*Da Redação do BLOG CAMOCIM NEWS

*foto/reprodução Internet

 

Categoria: GIRO POLÍTICO
Compartilhar

PADILHA É TRANSFERIDO PARA QUARTO DE HOSPITAL EM PORTO ALEGRE

Publicado por Leandro Silva em 02/03/2017 às 05h31

MINISTRO-CHEFE DA CASA CIVIL, ELISEU PADILHA É TRANSFERIDO PARA QUARTO DE HOSPITAL EM PORTO ALEGRE-RS  

Ministro se recupera 'dentro da normalidade' de cirurgia, diz nota.
Moinhos de Vento acrescenta que não há previsão para alta.

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, foi transferido nesta quarta-feira (1º) para o quarto do Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, onde foi submetido nesta segunda-feira (27) a uma cirurgia de próstata. Na noite desta quarta, a assessoria de imprensa da instituição divulgou uma nota informando que ele se recupera 'dentro da normalidade', mas não há previsão de alta.

Confira, na íntegra, a nota do hospital:
"Hospital Moinhos de Vento
Boletim Médico - Ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha

O paciente Eliseu Padilha está em recuperação, dentro da normalidade, do procedimento urológico cirúrgico realizado no dia 27 de fevereiro no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre (RS).

Nesta quarta, dia 1º, foi transferido para o quarto. Não há previsão de alta.

Porto Alegre, 1º de março de 2017

Urologista Dr. Claudio Telöken
Clínico Intensivista Dr. Nilton Brandão
E equipe médica
"

A assessoria de imprensa do ministro informou que ele deve retornar ao trabalho na próxima segunda-feira (6). Padilha está de licença médica desde segunda-feira (20), quando foi hospitalizado em Brasília. Ele passou dois dias internado por conta de uma obstrução urinária provocada por uma hiperplasia prostática benigna, que gera aumento excessivo da próstata.

Eliseu Padilha tem 71 anos e é um dos principais conselheiros do presidente da República, Michel Temer. À frente da Casa Civil, ele integra o chamado núcleo duro do governo e atua diretamente na articulação política do Palácio do Planalto.

 

*Da Redação do BLOG CAMOCIM NEWS

*com informações do G1 RS

 

Categoria: GIRO POLÍTICO
Compartilhar

MINISTRO JOSÉ SERRA PEDE DEMISSÃO DAS RELAÇÕES EXTERIORES

Publicado por Leandro Silva em 23/02/2017 às 00h00

MINISTRO JOSÉ SERRA PEDE DEMISSÃO DO MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES 

Senador do PSDB-SP estava no cargo desde maio do ano passado. Em carta, Serra disse que deixa Relações Exteriores 'em razão de problemas de saúde'.

O Ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB-SP), pediu demissão do cargo na noite desta quarta-feira (22).

Na carta enviada ao presidente Michel Temer, Serra disse que decidiu deixar a pasta "em razão de problemas de saúde" - veja a reprodução da carta ao final desta reportagem.

Serra estava no cargo desde maio do ano passado, quando Temer assumiu como presidente em exercício.

O tucano é senador por São Paulo e tem mandato até 2022. Ele havia se licenciado para assumir o Itamaraty.

Ao longo do período em que ocupou o Ministério das Relações Exteriores, José Serra se envolveu em algumas polêmicas, como quando determinou o envio de uma circular a embaixadores em todo o mundo para rebater a tese da ex-presidente Dilma Rousseff de que ela foi vítima de um "golpe" no processo de impeachment.

Segundo a assessoria do Palácio do Planalto, Serra entregou pessoalmente a carta de demissão a Temer na noite desta quarta, no Planalto.

Conforme informou o colunista do G1 e da GloboNews Gerson Camarotti, desde dezembro do ano passado Serra já dava sinais a aliados de que poderia deixar o ministério.

Com a saída de Serra, o secretário-geral do Itamaraty, Marcos Galvão, deverá responder pela pasta até que um novo ministro seja nomeado.

Trechos da carta

Na carta de demissão, Serra diz que deixa o cargo "com tristeza'. Segundo o ministro, os problemas de saúde o impedem de cumprir as viagens internacionais necessárias ao cargo, além das atividades do dia a dia.

 

José Serra acrescenta, ainda, que os médicos estimam um período de quatro meses para o "restabelecimento adequado" da saúde.

"Para mim, foi motivo de orgulho integrar sua equipe. No Congresso, honrarei meu mandato de senador trabalhando pela aprovação de projetos que visem à recuperação da economia, ao desenvolvimento social e à consolidação democrática do Brasil", conclui José Serra na carta.

Problemas de saúde

Na carta de demissão, José Serra não especifica os problemas de saúde que enfrenta. Em dezembro do ano passado, o então ministro foi submetido a uma cirurgia na coluna no Hospital Sírio-Libanês.

Além disso, em janeiro de 2014, Serra foi submetido a uma cirurgia na próstata. Ele apresentava um quadro de hiperplasia prostática benigna, quando há aumento do órgão.

Antes disso, em julho de 2013, o ministro foi submetido a um cateterismo. À época, os médicos colocaram no coração dele um stent, mola metálica que expande a artéria e aumenta a capacidade de fluxo sanguíneo.

PSDB no governo Temer

Mesmo com a saída de José Serra, o PSDB continua sendo um dos principais partido que integram a base de apoio do presidente Michel Temer.

Isso porque a legenda comanda os ministérios das Cidades (Bruno de Araújo-PE), da Secretaria de Governo (Antonio Imbassahy-BA) e dos Direitos Humanos (Luislinda Valois-BA).

Além disso, o líder do governo no Senado é o tucano Aloysio Nunes (SP), candidato a vice-presidente em 2014 na chapa formada com Aécio Neves (MG), que acabou derrotada.

 

*Da Redação do BLOG CAMOCIM NEWS

*com informações do G1

Categoria: GIRO POLÍTICO
Compartilhar

left show fwR b04s tsY bsd|tsN bsd fwB left show b20w|bsd tsN fsN fwB left hide b05s|bnull||image-wrap|login news fwB fwR tsY normalcase c10|fsN normalcase c10 fwB tsN|normalcase c10 tsY|login news fwR normalcase tsY c10|normalcase c10 fwB tsN|normalcase tsY c10|content-inner||