RELIGIÃO E MISSÕES

NÍVEL DE VIOLÊNCIA CONTRA CRISTÃOS É ALARMANTE NO EGITO

Publicado por Leandro Silva em 14/02/2017 às 17h15

NÍVEL DE VIOLÊNCIA CONTRA OS CRISTÃOS EGÍPCIOS É ALARMANTE NO EGITO  

Em 2013, a Irmandade Muçulmana cumpriu várias ameaças de “eliminar o cristianismo” da nação. Agora, um novo grupo extremista, Movimento Hasm, é responsável por diversos ataques realizados nos últimos meses

O início de 2017 apresentou uma série de ataques violentos contra os cristãos egípcios. Em apenas duas semanas, cinco foram mortos no Cairo e Alexandria. Seus corpos foram encontrados com todos os objetos de valor, indicando que o motivo das mortes não teve relação alguma com roubo. Uma das vítimas, Youssef Lamei, tinha sido ameaçada por muçulmanos salafistas (membros do movimento ortodoxo ultraconservador dentro do islamismo sunita) pouco antes do ataque.

As mortes aconteceram apenas um mês após o bombardeio de dezembro, que matou 27 cristãos e deixou vários feridos. Acredita-se que os ataques foram realizados por grupos militantes islâmicos. Agora existe um novo grupo extremista conhecido como Movimento Hasm, responsável por diversos ataques realizados nos últimos meses.

“Muitos cristãos estão morrendo por causa desses grupos extremistas islâmicos, mas também há uma grande preocupação por conta das mortes de profissionais da área de segurança e de instalações militares. Parece que o Estado Islâmico e outros grupos relacionados estão mudando de estratégia para enfraquecer a segurança do país, tornando assim os cristãos ainda mais vulneráveis do que antes. Essa tendência é preocupante”, comenta e conclui um dos colaboradores da Portas Abertas. “Se não é o Senhor que vigia a cidade, será inútil a sentinela montar guarda” (Salmos 127.1b).

Pedidos de oração

Nossos irmãos egípcios estão passando por sérias dificuldades e sendo atacados constantemente. Ore a Deus para que os proteja em todo o tempo.

Peça pelas famílias dos cinco cristãos que foram mortos violentamente por grupos extremistas islâmicos. Que eles sejam consolados pelo Espírito de Deus.

Interceda pela igreja no Egito para que permaneça perseverante em sua fé e que não deixe de crescer mesmo em meio a tanta violência.

 

 

*Da Redação do BLOG CAMOCIM NEWS

*com informações do Verdade Gospel

 

 

 

Categoria: RELIGIÃO E MISSÕES
Compartilhar

CRISTÃOS DO SUL DA NIGÉRIA SÃO DURAMENTE ATACADOS

Publicado por Leandro Silva em 19/01/2017 às 11h43

CRISTÃOS DO SUL DO ESTADO DE KADUNA, NA NIGÉRIA SÃO DURAMENTE ATACADOS POR MUÇULMANOS

Os cristãos que vivem no sul do estado de Kaduna, na Nigéria, precisam muito das nossas orações. Segundo o grupo Portas Abertas, o cenário para a igreja tem sido violento e tenso porque os fulanis (fazendeiros nômades muçulmanos) continuam atacando apesar da presença das forças nacionais de segurança.

Os cristãos que vivem no sul do estado de Kaduna, na Nigéria, precisam muito das nossas orações. Segundo o grupo Portas Abertas, o cenário para a igreja tem sido violento e tenso porque os fulanis (fazendeiros nômades muçulmanos) continuam atacando apesar da presença das forças nacionais de segurança. Desde o dia 7, um grande número de agressores armados está atacando as comunidades de Kagoro e Kafanchan.

De acordo com a liderança cristã na região, pelo menos 800 pessoas já morreram, muitas estão feridas, cerca de 53 aldeias e fazendas vizinhas foram destruídas, mais de 1.400 casas e quase 20 igrejas foram queimadas durante os ataques. Os corpos permanecem espalhados porque os moradores têm medo de recolhê-los e serem atacados também. No dia 12, foi relatado que os fulanis estavam escondidos nas montanhas que cercam as duas cidades.

Entre os cristãos assassinados, a maioria era mulheres, crianças e idosos. Colaboradores da Portas Abertas estão encorajando a igreja nigeriana e todos permanecem em comunhão e oração. Há uma grande preocupação com as dificuldades humanitárias causadas pela violência. A insegurança fez com que essas áreas ficassem isoladas e agora o comércio está muito limitado. Os líderes cristãos estão trabalhando para montar um campo de ajuda para os deslocados. Lembre-se deles em suas orações.

 

*Da Redação do BLOG CAMOCIM NEWS

*com informações Portas Abertas

 

Categoria: RELIGIÃO E MISSÕES
Compartilhar

APÓSTOLO VALDEMIRO SANTIAGO LEVA FACADA DURANTE CULTO EM SP

Publicado por Leandro Silva em 09/01/2017 às 10h49

LÍDER DA IGREJA MUNDIAL DO PODER DE DEUS LEVA FACADA DURANTE CULTO EM SÃO PAULO

Apóstolo Valdemiro Santiago levou uma facada no pescoço e postou vídeo no hospital; Polícia Civil confirma que homem foi preso em flagrante com facão.

O Apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, levou uma facada no pescoço durante um culto na manhã deste domingo (8), em um templo da igreja no Brás, Centro de São Paulo. 

Ele postou um vídeo nas redes sociais, direto do hospital, contando o que ocorreu. O homem que o atacou foi preso em flagrante com um facão, segundo informações do 8º Distrito Policial (Brás). O agressor, que está desempregado, disse que teve uma discussão com o pastor há algumas semanas.

“Eu estava impondo as mãos, acabando de ouvir um milagre, um testemunho, e entrou alguém por trás, não sei, não vi quem era, e deu uma facada no pescoço, ou uma navalha, não sei”, explicou o pastor em vídeo.

O apóstolo afirmou que voltará a pregar. “Orem por mim”, pediu Valdemiro. “Eu perdoo a pessoa que fez isso”, disse.

Apóstolo Valdemiro Santiago postou vídeo sobre ataque em culto (Reprodução)

 

Ocorrência 

Segundo o boletim de ocorrência, o pastor foi atacado por um homem com uma faca por volta das 7h30, dentro da igreja localizada na Rua Carneiro Leão, no Brás.

O segurança do pastor contou à Polícia Civil que Jonhatan Gomes Higino, de 20 anos, estava na fila para receber uma oração quando sacou uma faca e esfaqueou o pastor, sendo duas vezes nas costas e uma no pescoço.

Ainda de acordo com a polícia, o pastor foi conduzido ao Hospital Sírio-Libanês, na Zona Sul, onde foi atendido e liberado.

Jonhatan foi preso em flagrante. Aos policiais, ele afirmou ter esfaqueado o pastor por se sentir ameaçado. Ele disse que há cinco meses estava na igreja e ouviu o pastor dizer que ele seria crucificado.

A faca foi encaminhada para perícia, e o caso registrado como tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil.

 

*Da Redação do BLOG CAMOCIM NEWS

*com informações do G1

 

Categoria: RELIGIÃO E MISSÕES
Compartilhar

FALECE O CARDEAL PAULO EVARISTO ARNS

Publicado por Leandro Silva em 15/12/2016 às 12h18

FALECE O ARCEBISPO EMÉRITO DE SÃO PAULO, O CARDEAL PAULO EVARISTO ARNS 

Faleceu nesta quarta-feira, dia 14 de dezembro, em São Paulo (SP), o Arcebispo emérito de São Paulo, Cardeal Paulo Evaristo Arns. O prelado estava internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Santa Catarina, na capital paulista, onde recebia os cuidados médicos. Segundo a cúria, o estado de saúde do purpurado era “delicado e inspirava preocupação”. A arquidiocese de São Paulo comunicou o falecimento com uma nota que iniciava recordando o lema episcopal do cardeal “Spe in spem (De esperança em esperança)”.

“Louvemos e agradeçamos ao 'Altíssimo, onipotente e bom Senhor' pelos 95 anos de vida de dom Paulo, seus 76 anos de consagração religiosa, 71 anos de sacerdócio ministerial, 50 de episcopado e 43 anos de cardinalato. Glorifiquemos a Deus pelos dons concedidos a dom Paulo, e que ele soube partilhar com os irmãos. Louvemos a Deus pelo testemunho de vida franciscana de dom Paulo e pelo seu engajamento corajoso na defesa da dignidade humana e dos direitos inalienáveis de cada pessoa”, escreveu o arcebispo de São Paulo, cardeal Odilo Pedro Scherer.

Dom Odilo agradeceu a Deus também “por seu exemplo de Pastor zeloso do povo de Deus e por sua atenção especial aos pequenos, pobres e aflitos”. “Dom Paulo, agora, se alegre no céu e obtenha o fruto da sua esperança junto de Deus!”, escreveu o cardeal. 

No texto, o arcebispo de São Paulo convidou todos a elevarem preces de louvor e gratidão a Deus e de sufrágio em favor do falecido cardeal Paulo Evaristo Arns. O velório e os ritos fúnebres serão realizados na Catedral Metropolitana de São Paulo.

Vida dedicada aos pequenos

Dom Paulo nasceu no dia 14 de setembro de 1921, em uma colônia de descendentes de alemães, na cidade de Forquilhinha (SC). Filho de Gabriel Arns e Helena Steiner, tinha treze irmãos, entre eles a médica pediatra e sanitarista Zilda Arns Neumann. A família preservava muito da cultura de seus antepassados no dia a dia, em especial a proximidade com a religião. Desde cedo, as crianças também aprenderam a contribuir com os trabalhos da casa e da lavoura. 

Seguindo sua vocação, dom Paulo foi ordenado sacerdote no dia 30 de novembro de 1945, aos 24 anos, em Petrópolis (RJ), integrante da Ordem dos Frades Menores (OFM). No dia 7 de julho de 1966, recebeu a ordenação episcopal. Em 5 de março de 1973, foi nomeado cardeal pelo então papa Paulo VI. 

Na sua trajetória episcopal do Paulo foi bispo auxiliar de São Paulo, de 1966 a 1970, período em que foi vigário episcopal da região Norte da arquidiocese. Na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), foi encarregado do Departamento de Educação e no regional Sul 1 da entidade atuou como presidente da Comissão Episcopal do Regional. Também exerceu funções na Cúria Romana: membro da Sagrada Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos, do Secretariado para os não-crentes e do Secretariado do Sínodo dos Bispos.

O cardeal Paulo Evaristo Arns, que esteve à frente do governo pastoral da arquidiocese de São Paulo entre 1970 e 1998, foi ainda grão-chanceler da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP); membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo; delegado à Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos para a América, em 1997. Arns também representou a Sociedade Civil no Conselho Deliberativo do Instituto de Estudos Avançados e membro titular do Conselho da Cátedra Unesco do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (USP).

Em julho deste ano, a arquidiocese de São Paulo preparou uma cerimônia em homenagem ao cinquentenário de sua ordenação episcopal. Na ocasião, dom Paulo recebeu, inclusive, uma mensagem especial enviada pelo papa Francisco, parabenizando pelo jubileu e reconhecendo sua atuação pastoral em defesa dos direitos humanos.

 

*Da Redação do BLOG CAMOCIM NEWS

*com informações da CNBB

 

Categoria: RELIGIÃO E MISSÕES
Compartilhar

left show fwR b04s tsY bsd|tsN bsd fwB left show b20w|bsd tsN fsN fwB left hide b05s|bnull||image-wrap|login news fwB fwR tsY normalcase c10|fsN normalcase c10 fwB tsN|normalcase c10 tsY|login news fwR normalcase tsY c10|normalcase c10 fwB tsN|normalcase tsY c10|content-inner||